Manuais OVH

Configurar vários servidores dedicados no vRack

Aprenda a configurar vários servidores dedicados graças ao vRack

Última atualização no dia 16/05/2018

Sumário

A tecnologia vRack (rack virtual) permite agrupar vários servidores (consultar requisitos, mais abaixo), independentemente do seu número e da sua localização física nos nossos datacenters, e conectá-los a um switch virtual dentro da mesma rede privada. Os seus servidores podem comunicar entre si de forma privada e segura no âmbito de uma VLAN dedicada.

Aprenda a configurar vários servidores dedicados graças ao vRack.

Requisitos

  • Ter um vRack.
  • Ter à disposição vários (pelo menos dois) servidores compatíveis com vRack.
  • Estar conectado via SSH (ou através da interface gráfica do utilizador) no servidor Linux (acesso root).
  • Ter acesso à Área de Cliente OVH.
  • Preparar o intervalo de endereços IP privados que escolheu.

Instruções

Adicionar os servidores ao vRack

  1. Quando tiver adicionado o vRack à sua conta, vá à secção Cloud da sua Área de Cliente OVH.
  2. A seguir, selecione o menu vRack na coluna da esquerda.
  3. Escolha o seu vRack na lista apresentada.
  4. Na lista dos serviços elegíveis, selecione os servidores que deseja adicionar ao vRack. Depois clique no botão Adicionar.

Escolha do vRack

Configurar as interfaces de rede

A título de exemplo, utilizaremos um intervalo de endereços IP internos de 192.168.0.0/16.

Também vamos empregar os nomes eth1 e eno4 para a interface de rede secundária. Os seus servidores podem utilizar uma convenção de nomenclatura diferente. Sugerimos que o verifique utilizando os comandos indicados abaixo.

Para listar as interfaces de rede, o comando a utilizar é o seguinte:

ifconfig -a | grep eth | awk '{print $ 1}'

A primeira interface da lista diz respeito à sua conexão de rede principal. Pode verificar a que está ativa utilizando o comando que se segue:

ifconfig eth1 up
ethtool eth1 | grep "Link detected"

Se o comando apresentar Link detected : no, trata-se da interface de rede a utilizar para a sua configuração do vRack, depois de ter executado este comando:

ifconfig eth1 down

CentOS 6 e 7

Abra o ficheiro de configuração da interface de rede com o comando a seguir:

vi /etc/sysconfig/network-scripts/ifcfg-eth1

Carregue na tecla I do teclado para passar para o modo de inserção.

Configure a interface de rede secundária da seguinte forma:

DEVICE=eth1
BOOTPROTO=static
IPADDR=192.168.0.1
NETMASK=255.255.0.0
ONBOOT=yes
TYPE=Ethernet

No exemplo acima, pode optar por utilizar qualquer gama privada de endereços IPv4 e atribuir qualquer endereço situado nesse intervalo.

  1. Carregue na tecla ESC.
  2. Carregue na tecla SHIFT e na tecla dois pontos para abrir o editor.
  3. Introduza wq.
  4. Carregue na tecla Enter.
  5. Reinicie o seu servidor.
  6. Repita todos os passos para os outros servidores e atribua-lhes um endereço IP único pertencente ao seu intervalo interno. Depois disto, os seus servidores poderão comunicar entre si na rede privada.

Debian 7 e 8

Abra o ficheiro de configuração da interface de rede com o comando a seguir:

nano /etc/network/interfaces

Configure a interface de rede secundária da seguinte forma:

auto eth1
iface eth1 inet static
address 192.168.0.1
netmask 255.255.0.0

No exemplo acima, pode optar por utilizar qualquer gama privada de endereços IPv4 e atribuir qualquer endereço situado nesse intervalo.

  1. CTRL + X para sair do ficheiro de configuração de rede.
  2. Carregue na tecla Y para gravar as alterações. Depois carregue em Enter.
  3. Reinicie o seu servidor.
  4. Repita todos os passos para os outros servidores e atribua-lhes um endereço IP único pertencente ao seu intervalo interno. Depois disto, os seus servidores poderão comunicar entre si na rede privada.

Debian 9

Abra o ficheiro de configuração da interface de rede com o comando a seguir:

nano /etc/network/interfaces

Configure a interface de rede secundária da seguinte forma:

auto eno4
iface eno4 inet static
address 192.168.0.1
netmask 255.255.0.0

No exemplo acima, pode optar por utilizar qualquer gama privada de endereços IPv4 e atribuir qualquer endereço situado nesse intervalo.

  1. CTRL + X para sair do ficheiro de configuração de rede.
  2. Carregue na tecla Y para gravar as alterações. Depois carregue em Enter.
  3. Reinicie o seu servidor.
  4. Repita todos os passos para os outros servidores e atribua-lhes um endereço IP único pertencente ao seu intervalo interno. Depois disto, os seus servidores poderão comunicar entre si na rede privada.

Ubuntu Server 16

Abra o ficheiro de configuração da interface de rede com o comando a seguir:

vi /etc/network/interfaces

Carregue na tecla I do teclado para passar para o modo de inserção.

Configure a interface de rede secundária da seguinte forma:

auto eth1
iface eth1 inet static
address 192.168.0.1
netmask 255.255.0.0

No exemplo acima, pode optar por utilizar qualquer gama privada de endereços IPv4 e atribuir qualquer endereço situado nesse intervalo.

  1. Carregue na tecla ESC.
  2. Carregue na tecla SHIFT e na tecla dois pontos para abrir o editor.
  3. Introduza wq.
  4. Carregue na tecla Enter.
  5. Reinicie o seu servidor.
  6. Repita todos os passos para os outros servidores e atribua-lhes um endereço IP único pertencente ao seu intervalo interno. Depois disto, os seus servidores poderão comunicar entre si na rede privada.

Ubuntu Server 17

Abra o ficheiro de configuração da interface de rede com o comando a seguir:

nano /etc/network/interfaces

Configure a interface de rede secundária da seguinte forma:

auto eno4
iface eno4 inet static
address 192.168.0.1
netmask 255.255.0.0

No exemplo acima, pode optar por utilizar qualquer gama privada de endereços IPv4 e atribuir qualquer endereço situado nesse intervalo.

  1. CTRL + X para sair do ficheiro de configuração de rede.
  2. Carregue na tecla Y para gravar as alterações. Depois carregue em Enter.
  3. Reinicie o seu servidor.
  4. Repita os passos 1 a 5 para os outros servidores e atribua-lhes um endereço IP único pertencente ao seu intervalo interno. Depois disto, os seus servidores poderão comunicar entre si na rede privada.

Windows

A título de exemplo, utilizaremos o intervalo de endereços IP internos de 192.168.0.0/16.

Eis os passos a seguir:

  • Conecte-se ao servidor Windows através da Área de Trabalho remota.
  • Clique em Start.
  • Clique em Control Panel.

Windows Control Panel

  • Clique em Network and Internet.

Network and Internet

  • Clique em Network and Internet.

Network and Sharing Centre

  • Clique em Change Adapter Settings.

Change Adapter Settings

  • Faça um clique com o botão direito do rato por cima da interface de rede secundária.

  • Clique em Properties.

Windows Properties

  • Faça dois cliques em Internet Protocol Version 4 (TCP/IP/IPv4).

Internet Protocol Version 4 (TCP/IPv4)

  • Clique em Use the following IP address:

    • para IP address\: introduza um endereço IP do seu intervalo interno;
    • para Subnet mask\: introduza 255.255.0.0.

Use the following IP address

  • Clique em OK para gravar as alterações.
  • Reinicie o seu servidor.
  • Repita todos os passos para os outros servidores e atribua-lhes um endereço IP único pertencente ao seu intervalo interno. Depois disto, os seus servidores poderão comunicar entre si na rede privada.

Quer saber mais?

Fale com a nossa comunidade de utilizadores: https://community.ovh.com/en/.


Estes manuais também podem ser úteis...