Como configurar um IP alias

Saiba como adicionar endereços IP Failover à configuração de rede

Esta tradução foi automaticamente gerada pelo nosso parceiro SYSTRAN. Em certos casos, poderão ocorrer formulações imprecisas, como por exemplo nomes de botões ou detalhes técnicos. Recomendamos que consulte a versão inglesa ou francesa do manual, caso tenha alguma dúvida. Se nos quiser ajudar a melhorar esta tradução, clique em "Contribuir" nesta página.

Última atualização no dia 16/09/2021

Sumário

O IP aliasing é uma configuração de rede para servidores dedicados que permite associar vários endereços IP à mesma interface de rede.

Este guia explica como realizar o IP aliasing

Requisitos

Esta funcionalidade pode estar indisponível ou limitada nos servidores dedicados Eco.

Para mais informações, consulte o nosso comparativo.

Instruções

O presente guia inclui instruções paras sistemas Linux e para o Windows Server.

Debian 10/11

1 - Fazer cópia do ficheiro de configuração (source file)

Primeiro, faça uma cópia do ficheiro de configuração para, se necessário, poder reverter o sistema para o estado inicial.

cp /etc/network/interfaces.d/50-cloud-init /etc/network/interfaces.d/50-cloud-init.bak

2 - Alterar o ficheiro de configuração

Agora altere o ficheiro de configuração usando o seguinte comando:

editor /etc/network/interfaces.d/50-cloud-init

De seguida, adicione uma interface secundária:

auto eth0:0
iface eth0:0 inet static
address IP_FAILOVER
netmask 255.255.255.255

Para garantir que a interface secundária é ativada ao mesmo tempo que a interface eth0, adicione esta instrução à configuração de eth0:

post-up /sbin/ifconfig eth0:0 IP_FAILOVER netmask 255.255.255.255 broadcast IP_FAILOVER
pre-down /sbin/ifconfig eth0:0 down

Se quiser adicionar dois IP Failover, o ficheiro /etc/network/interfaces.d/50-cloud-init deve ter um conteúdo semelhante a este:

auto eth0
iface eth0 inet dhcp

auto eth0:0
iface eth0:0 inet static
address FAILOVER_IP1
netmask 255.255.255.255

auto eth0:1
iface eth0:1 inet static
address FAILOVER_IP2
netmask 255.255.255.255

Ou assim:

auto eth0
iface eth0 inet dhcp

# IPFO 1
post-up /sbin/ifconfig eth0:0 FAILOVER_IP1 netmask 255.255.255.255 broadcast FAILOVER_IP1
pre-down /sbin/ifconfig eth0:0 down

# IPFO 2
post-up /sbin/ifconfig eth0:1 FAILOVER_IP2 netmask 255.255.255.255 broadcast FAILOVER_IP2
pre-down /sbin/ifconfig eth0:1 down

3 - Reiniciar a interface de rede

Agora, execute este comando para reiniciar a interface:

/etc/init.d/networking restart

Debian 6/7/8 e «derivações»

1 - Fazer cópia do ficheiro de configuração (source file)

Primeiro, faça uma cópia do ficheiro de configuração para, se necessário, poder reverter o sistema para o estado inicial.

cp /etc/network/interfaces /etc/network/interfaces.bak

2 - Alterar o ficheiro de configuração

Agora altere o ficheiro de configuração usando o seguinte comando:

editor /etc/network/interfaces

De seguida, adicione uma interface secundária:

auto eth0:0
iface eth0:0 inet static
address IP_FAILOVER
netmask 255.255.255.255

Para garantir que a interface secundária é ativada ao mesmo tempo que a interface eth0, adicione esta instrução à configuração de eth0:

post-up /sbin/ifconfig eth0:0 IP_FAILOVER netmask 255.255.255.255 broadcast IP_FAILOVER
pre-down /sbin/ifconfig eth0:0 down

Se quiser adicionar dois IP Failover, o ficheiro /etc/network/interfaces deve ter um conteúdo semelhante a este:

auto eth0
iface eth0 inet static
address SERVER_IP
netmask 255.255.255.0
broadcast xxx.xxx.xxx.255
gateway xxx.xxx.xxx.254

auto eth0:0
iface eth0:0 inet static
address IP_FAILOVER1
netmask 255.255.255.255

auto eth0:1
iface eth0:1 inet static
address IP_FAILOVER2
netmask 255.255.255.255

Ou assim:

# IPFO 1
post-up /sbin/ifconfig eth0:0 IP_FAILOVER1 netmask 255.255.255.255 broadcast IP_FAILOVER1
pre-down /sbin/ifconfig eth0:0 down

# IPFO 2
post-up /sbin/ifconfig eth0:1 IP_FAILOVER2 netmask 255.255.255.255 broadcast IP_FAILOVER2
pre-down /sbin/ifconfig eth0:1 down

3 - Reiniciar a interface de rede

Agora, execute este comando para reiniciar a interface:

/etc/init.d/networking restart

Debian 9+, Ubuntu 17+, Fedora 26+ e Arch Linux

Estes sistemas não usam a terminologia eth0, eth1. Como tal, iremos usar o systemd-network.

1 - Fazer cópia do ficheiro de configuração (source file)

Primeiro, faça uma cópia do ficheiro de configuração para, se necessário, poder reverter o sistema para o estado inicial.

cp /etc/systemd/network/50-default.network /etc/systemd/network/50-default.network.bak

2 - Alterar o ficheiro de configuração

O IP Failover deve ser adicionado ao ficheiro da seguinte forma:

nano /etc/systemd/network/50-default.network
[Address]
Address=22.33.44.55/32
Label=failover1 # optional

O «label» é facultativo. Este serve apenas para ordenar os vários IP Failover.

3 - Reiniciar a interface de rede

Agora, execute este comando para reiniciar a interface:

systemctl restart systemd-networkd

CentOS e Fedora (versão 25 e anteriores)

1 - Fazer cópia do ficheiro de configuração (source file)

Primeiro, faça uma cópia do ficheiro de configuração para, se necessário, poder usá-lo como modelo (template):

cp /etc/sysconfig/network-scripts/ifcfg-eth0 /etc/sysconfig/network-scripts/ifcfg-eth0:0

2 - Alterar o ficheiro de configuração

Altere o ficheiro eth0:0 para substituir o IP:

editor /etc/sysconfig/network-scripts/ifcfg-eth0:0

Substitua o nome do Device e, de seguida, o IP existente pelo IP Failover:

DEVICE="eth0:0"
ONBOOT="yes"
BOOTPROTO="none" # For CentOS use "static"
IPADDR="IP_FAILOVER"
NETMASK="255.255.255.255"
BROADCAST="IP_FAILOVER"

3 - Reiniciar a interface de rede

Agora, execute este comando para reiniciar a interface:

ifup eth0:0

Gentoo

1 - Fazer cópia do ficheiro de configuração (source file)

Primeiro, faça uma cópia do ficheiro de configuração para, se necessário, poder reverter o sistema para o estado inicial.

cp /etc/conf.d/net /etc/conf.d/net.bak

2 - Alterar o ficheiro de configuração

Agora, altere o ficheiro para adicionar o IP Failover. Com o Gentoo, o IP alias é adicionado diretamente à interface eth0. Neste caso, não é necessário criar a interface eth0:0 (como no caso do Red Hat ou do CentOS).

Para garantir o correto funcionamento de algumas configurações OVH, o IP original do servidor e a instrução config_eth0= devem ficar na mesma linha

Depois tem que inserir o IP Failover na linha abaixo da netmask 255.255.255.0 (substitua SERVER_IP pelo IP principal do seu servidor).

editor /etc/conf.d/net

Agora, adicione a seguinte instrução:

config_eth0=( "SERVER_IP netmask 255.255.255.0" "IP_FAILOVER netmask 255.255.255.255 brd IP_FAILOVER" )

O ficheiro /etc/conf.d/net deve conter a instrução:

#This blank configuration will automatically use DHCP for any net.
# scripts in /etc/init.d. To create a more complete configuration,
# please review /etc/conf.d/net.example and save your configuration
# in /etc/conf.d/net (this file :]!).
config_eth0=( "SERVER_IP netmask 255.255.255.0"
"IP_FAILOVER netmask 255.255.255.255 brd IP_FAILOVER" )
routes_eth0=( "default gw SERVER_IP.254" )

Para fazer ping ao IP Failover, basta reiniciar a interface de rede.

3 - Reiniciar a interface de rede

Agora, execute este comando para reiniciar a interface:

/etc/init.d/net.eth0 restart

openSUSE

1 - Fazer cópia do ficheiro de configuração (source file)

Primeiro, faça uma cópia do ficheiro de configuração para, se necessário, poder reverter o sistema para o estado inicial.

cp /etc/sysconfig/network/ifcfg-ens32 /etc/sysconfig/network/ifcfg-ens32.bak

2 - Alterar o ficheiro de configuração

Agora, altere o ficheiro /etc/sysconfig/network/ifcfg-ens32 da seguinte forma:

IPADDR_1=FIP_FAILOVER
NETMASK_1=255.255.255.255
LABEL_1=ens32:0

cPanel

1 - Fazer cópia do ficheiro de configuração (source file)

Primeiro, faça uma cópia do ficheiro de configuração para, se necessário, poder reverter o sistema para o estado inicial.

cp /etc/ips /etc/ips.bak

2 - Alterar o ficheiro de configuração

De seguida, altere o ficheiro /etc/ips da seguinte forma:

editor /etc/ips

Agora adicione o IP Failover:

IP_FAILOVER:255.255.255.255:IP_FAILOVER

Por fim, acrescente o IP em /etc/ipaddrpool:

IP_FAILOVER

3 - Reiniciar a interface de rede

Agora, execute este comando para reiniciar a interface:

/etc/init.d/ipaliases restart

Windows Server

Os servidores Windows costumam usar a configuração de rede DHCP (configuração predefinida). Caso tenha configurado um IP Failover ou alterado a configuração para usar um IP fixo, ignore esta etapa.

Se não, tem que alterar a configuração de rede para usar IP fixo em vez da configuração DHCP.

Abra a linha de comando cmd ou o powershell e introduza este comando:

ipconfig /all

A seguir, irá visualizar a seguinte informação:

Result of "ipconfig /all" command

Guarde os dados relativos ao IPv4, à máscara de sub-rede, ao gateway predefinido e ao nome da placa de rede.

No nosso exemplo, o IP do servidor é: 94.23.229.151

Os próximos passos pode ser efetuados através da linha de comandos ou da interface gráfica:

Através da linha de comandos (recomendado)

Nos comandos indicados abaixo, deve substituir:

Comando Valor
NETWORK_ADAPTER Nome da placa de rede (no nosso exemplo: Local Area Connection)
IP_ADDRESS Endereço IP do servidor (no nosso exemplo: 94.23.229.151)
SUBNET_MASK Máscara de sub-rede (no nosso exemplo: 255.255.255.0)
GATEWAY Gateway predefinido (no nosso exemplo: 94.23.229.254)
IP_ADDRESS_FAILOVER Endereço IP Failover que deseja adicionar

Atenção: se introduzir informação incorreta, o servidor ficará inacessível. Neste caso, terá de usar o modo Winrescue ou o KVM para corrigir os dados.

Execute as seguintes ações na linha de comandos:

  • Passar para IP fixo
netsh interface ipv4 set address name="NETWORK_ADAPTER" static IP_ADDRESS SUBNET_MASK GATEWAY
  • Definir servidor DNS
netsh interface ipv4 set dns name="NETWORK_ADAPTER" static 213.186.33.99
  • Adicionar IP failover
netsh interface ipv4 add address "NETWORK_ADAPTER" IP_ADDRESS_FAILOVER 255.255.255.255

O IP failover está a funcionar.

Através da interface gráfica

  1. Aceda ao menu Iniciar > Painel de Gestão > Rede e Internet > Centro de Rede e Partilha > Alterar as definições da placa (no menu à esquerda).
  2. Clique com o botão direito do rato em Ligação à rede local.
  3. Clique em Propriedades.
  4. Selecione o Protocolo Internet Versão 4 (TCP/IPv4), e clique em Propriedades.
  5. Clique em Utilizar o seguinte endereço IP e introduza o IP principal do servidor, a máscara de sub-rede e o gateway predefinido, apresentados após a execução do comando ipconfig (ver exemplo acima). Em servidor DNS preferido, introduza 213.186.33.99.

Internet Protocol Version 4 (TCP/IPv4) Properties

Atenção: se introduzir informação incorreta, o servidor ficará inacessível. Neste caso, terá de usar o modo Winrescue ou o KVM para corrigir os dados.

Depois, clique em Avançado (nas Definições TCP/IP).

Internet Protocol Version 4 (TCP/IPv4) Properties

Na parte Endereço IP, clique em Adicionar:

Advanced TCP/IPv4 Settings

Introduza o IP Failover e a máscara de sub-rede 255.255.255.255.

TCP/IP Address

Clique em Adicionar.

O IP failover está a funcionar.

FreeBSD

1 - Identificar a interface

Primeiro tem de identificar o nome da interface de rede principal. Execute o comando ifconfig para obter esta informação:

ifconfig

Resultados apresentados:

ifconfig
>>> nfe0: flags=8843 metric 0 mtu 1500
>>> options=10b
>>> ether 00:24:8c:d7:ba:11
>>> inet 94.23.196.18 netmask 0xffffff00 broadcast 94.23.196.255
>>> inet 87.98.129.74 netmask 0xffffffff broadcast 87.98.129.74
>>> media: Ethernet autoselect (100baseTX )
>>> status: active
>>> lo0: flags=8049 metric 0 mtu 16384
>>> options=3
>>> inet6 fe80::1%lo0 prefixlen 64 scopeid 0x2
>>> inet6 ::1 prefixlen 128
>>> inet 127.0.0.1 netmask 0xff000000 v comsdvt#

No nosso exemplo, o nome da interface é nfe0.

2 - Fazer cópia do ficheiro de configuração (source file)

Primeiro, faça uma cópia do ficheiro de configuração para, se necessário, poder reverter o sistema para o estado inicial.

cp /etc/rc.conf /etc/rc.conf.bak

3 - Alterar ficheiro de configuração

Altere o ficheiro /etc/rc.conf, usando o seguinte comando:

editor /etc/rc.conf

De seguida, adicione esta linha no final do ficheiro: ifconfig_INTERFACE_alias0=inet IP_FAIL_OVER netmask 255.255.255.255 broadcast IP_FAIL_OVER.

Substitua INTERFACE e IP_FAILOVER pelo nome da interface (indicado no passo 1) e pelo endereço IP Failover. Exemplo:

ifconfig_nfe0_alias0="inet 87.98.129.74 netmask 255.255.255.255 broadcast 87.98.129.74"

4 - Reiniciar interface de rede

Agora, execute este comando para reiniciar a interface:

/etc/rc.d/netif restart && /etc/rc.d/routing restart

Solaris

1 - Identificar a interface

Primeiro tem de identificar o nome da interface de rede principal. Execute o comando ifconfig para obter esta informação:

ifconfig -a

Resultados apresentados:

ifconfig -a
>>> lo0: flags=2001000849 mtu 8232 index 1 inet 127.0.0.1 netmask ff000000 e1000g0: flags=1000843 mtu 1500 index 2 inet 94.23.41.167 netmask ffffff00 broadcast 94.23.41.255 ether 0:1c:c0:f2:be:42

No nosso exemplo, o nome da interface é e1000g0.

2 - Fazer cópia do ficheiro de configuração (source file)

Primeiro, faça uma cópia do ficheiro de configuração para, se necessário, poder reverter o sistema para o estado inicial.

editor /etc/hostname.e1000g0:1

3 - Alterar ficheiro de configuração

Adicione a seguinte informação ao ficheiro: IP_FAIL_OVER/32 up, em que IP_FAIL_OVER corresponde ao seu IP failover. Por exemplo:

188.165.171.40/32 up

4 - Reiniciar a interface de rede

Agora, execute este comando para reiniciar a interface:

svcadm restart svc:/network/physical:default

Quer saber mais?

Fale com a nossa comunidade de utilizadores https://community.ovh.com/en/.


Esta documentação foi-lhe útil?

Não hesite em propor-nos sugestões de melhoria para fazer evoluir este manual.

Imagens, conteúdo, estrutura... Não hesite em dizer-nos porquê para evoluirmos em conjunto!

Os seus pedidos de assistência não serão tratados através deste formulário. Para isso, utilize o formulário "Criar um ticket" .

Obrigado. A sua mensagem foi recebida com sucesso.


Estes manuais também podem ser úteis...

OVHcloud Community

Aceda ao seu espaço comunitário. Coloque as suas questões, procure informações e interaja com outros membros do OVHcloud Community.

Discuss with the OVHcloud community

Em conformidade com a alteração à Diretiva 2006/112/CE, os preços com IVA podem variar de acordo com o país de residência do cliente
(por defeito, os preços com IVA apresentados incluem o IVA português em vigor).