Manuais OVH

Utilizar o Backup Storage num servidor dedicado

Saiba como ativar e utilizar o serviço Backup Storage

Última atualização: 27/08/2018

Sumário

No âmbito das ofertas de servidores dedicados, tem à sua disposição um espaço de armazenamento de 500 GB por servidor que lhe permite proteger os seus dados.

Este manual explica-lhe como ativar e utilizar este espaço de armazenamento.

Requisitos

Instruções

Ativar o seu espaço de armazenamento

Ligue-se à Área de Cliente OVH e entre na página do servidor na secção Serviços Dedicados. De seguida, selecione a janela Backup Storage, clique no botão Ativar backup storage e valide.

Ativar o seu espaço de armazenamento

Receberá um e-mail de ativação e o seu Backup Storage ficará disponível em apenas alguns minutos.

Configurar o controlo de acesso

O acesso ao seu espaço de armazenamento é restrito pelo endereço de IP através de uma lista de controlo de acesso ou Access Control List (ACL). Por predefinição, todos os endereços de IP da sua conta têm um acesso FTP/FTPS ao espaço de armazenamento. Os outros protocolos (NFS e CIDFS) não são autorizados, por predefinição. Para os autorizar, deverá criar uma ACL.

Adicionar um acesso

Na secção Backup Storage, clique em Adicionar acesso.

Adicionar um acesso backup

Selecione o bloco do IP que pretende autorizar. Depois de selecionado, escolha o protocolo que quer autorizar e, em seguida, clique em Seguinte.

Para aceder ao armazenamento, só pode autorizar os blocos de IP presentes na sua conta OVH.

Adicionar um acesso backup

Para confirmar a adição do acesso, clique em Concluir.

Adicionar um acesso backup

Poderá aceder ao Backup Storage do servidor a partir do bloco de IP selecionado.

Alterar um acesso

Para alterar os protocolos de um bloco de IP autorizado, clique no botão ... e em Alterar acesso na linha correspondente ao bloco que pretende alterar. Selecione ou desselecione os protocolos pretendidos. Quando tiver terminado, clique em Validar para confirmar estas alterações.

Alterar o acesso

Eliminar um acesso

Para anular a autorização de um bloco de IP autorizado, clique no botão ... e em Alterar acesso na linha correspondente ao bloco que pretende eliminar.

Alterar o acesso

Finalmente, clique em Validar para confirmar. O acesso ao Backup Storage ficará anulado para o bloco de IP em causa.

Alterar a palavra-passe

Na secção Backup Storage, clique em Perdeu a palavra-passe? e valide.

Alterar a palavra-passe

Um e-mail de recuperação de palavra-passe será enviado para o endereço de e-mail registado na sua conta de administrador. Basta seguir as indicações para reinicializar a sua palavra-passe.

Eliminar o Backup Storage

Na secção Backup Storage, clique em Eliminar Backup Storage e valide.

Eliminar o Backup Storage

O pedido de eliminação é irreversível.

O Backup Storage será definitivamente eliminado após alguns minutos.

Encomendar espaço de disco adicional

Na secção Backup Storage, clique no botão Encomendar espaço de disco.

Encomendar espaço de disco

Selecione a capacidade de armazenamento desejada e, em seguida, clique em Seguinte.

Seleção do espaço adicional

Só precisa de ler e validar as condições gerais, assim como o pedido clicando em Confirmar

Uma nota de encomenda será criada e, assim que o pagamento for efetuado, o espaço de armazenamento adicional ficará disponível.

Utilizar o Backup Storage

O serviço Backup Storage não efetua backups automáticos dos seus dados e apenas disponibiliza o espaço e os protocolos de acesso. É da responsabilidade do cliente estabelecer uma estratégia de armazenamento apropriada através de ferramentas à sua escolha. A OVH não poderá ser responsabilizada pelos dados guardados neste espaço.

FTP/FTPS

NcFTP (para Linux)

Para guardar um único ficheiro, pode utilizar o comando seguinte:

ncftpput -u FtpUserName -p FtpPassword HostName /FolderLocation /File

Este comando não suporta o protocolo FTPS. Se necessitar de efetuar uma transferência segura, deverá utilizar o cliente lftp ou a interface cURL.

O exemplo acima contém as variáveis que deverá substituir pelos seus valores.

  • FtpUsername: o seu nome de utilizador FTP.
  • FtpPassword: a sua palavra-passe FTP.
  • HostName: o nome do seu Backup Storage.
  • FolderLocation: o caminho de acesso ao diretório no qual pretende gravar o ficheiro.
  • File: o nome do ficheiro que pretende guardar.

Para guardar um diretório, só precisa de o arquivar e transferi-lo no seu diretório de backup:

tar czf - /FolderName | ncftpput -u FtpUserName -p FtpPassword -c HostName ArchiveName.tar.gz

O exemplo acima contém as variáveis que deverá substituir pelos seus valores.

  • FolderName: o caminho de acesso ao diretório que pretende guardar.
  • FtpUsername: o seu nome de utilizador FTP.
  • FtpPassword: a sua palavra-passe FTP.
  • HostName: o nome do seu Backup Storage.
  • ArchiveName: o nome do diretório que pretende guardar.

Para descarregar um ficheiro de arquivo a partir do seu espaço de armazenamento, pode utilizar o comando seguinte:

ncftpget -v -u FtpUsername -p FtpPassword HostName /LocalFolder /File

O exemplo acima contém as variáveis que deverá substituir pelos seus valores.

  • FtpUsername: o seu nome de utilizador FTP.
  • FtpPassword: a sua palavra-passe FTP.
  • HostName: o nome do seu Backup Storage.
  • LocalFolder: o caminho de acesso ao diretório local no qual pretende gravar o ficheiro.
  • File: o caminho de acesso ao ficheiro que pretende descarregar.
cURL (para Linux)

Para utilizar o protocolo FTPS, tem de mudar o nome do seu Backup Storage. Por exemplo: se o nome é “ftpback-rbxX-YYY.ip-Z.Z.Z.Z.net”, deverá alterá-lo para “ftpback-rbxX-YYY.mybackup.ovh.net”. Além disso, também deverá adicionar o argumento -ssl ao comando abaixo.

Para guardar um único ficheiro, pode utilizar o comando seguinte:

curl -aT File ftp://FtpUsername:FtpPassword@HostName/FolderLocation

O exemplo acima contém as variáveis que deverá substituir pelos seus valores.

  • File: o nome do ficheiro que pretende guardar.
  • FtpUsername: o seu nome de utilizador FTP.
  • FtpPassword: a sua palavra-passe FTP.
  • HostName: o nome do seu Backup Storage.
  • FolderLocation: o caminho de acesso ao diretório no qual pretende gravar o ficheiro.

Para guardar um diretório, só precisa de o arquivar e transferi-lo no seu diretório de backup:

tar czf - /FolderName | curl ftp://FtpUsername:FtpPassword@HostName/FolderLocation/ArchiveName-$(date +%Y%m%d%H%M).tar.gz -T -

O exemplo acima contém as variáveis que deverá substituir pelos seus valores.

  • FolderName: o caminho de acesso ao diretório que pretende guardar.
  • FtpUsername: o seu nome de utilizador FTP.
  • FtpPassword: a sua palavra-passe FTP.
  • HostName: o nome do seu Backup Storage.
  • FolderLocation: o caminho de acesso ao diretório local no qual pretende gravar o ficheiro.
  • ArchiveName: o nome do diretório que pretende guardar.

Para descarregar um ficheiro de arquivo a partir do seu espaço de armazenamento, pode utilizar o comando seguinte:

cd /LocalFolder
curl -u FtpUsername:FtpPassword ftp://HostName/File 

O exemplo acima contém as variáveis que deverá substituir pelos seus valores.

  • FtpUsername: o seu nome de utilizador FTP.
  • FtpPassword: a sua palavra-passe FTP.
  • HostName: o nome do seu Backup Storage.
  • LocalFolder: o nome do diretório local no qual pretende gravar o ficheiro.
  • File: o caminho de acesso ao ficheiro que pretende descarregar.
lftp (para Linux)

lftp utiliza FTP+SSL/TLS por predefinição. Por isso, é necessário alterar o nome do seu Backup Storage. Por exemplo: se o nome é “ftpback-rbxX-YYY.ip-Z.Z.Z.Z.net”, deverá alterá-lo para “ftpback-rbxX-YYY.mybackup.ovh.net”.

Para guardar um único ficheiro, pode utilizar o comando seguinte:

lftp ftp://FtpUsername:FtpPassword@HostName:21 -e "cd FolderLocation; put File; quit"

O exemplo acima contém as variáveis que deverá substituir pelos seus valores.

  • File: o nome do ficheiro que pretende guardar.
  • FtpUsername: o seu nome de utilizador FTP.
  • FtpPassword: a sua palavra-passe FTP.
  • HostName: o nome do seu Backup Storage.
  • FolderLocation: o caminho de acesso ao diretório no qual pretende gravar o ficheiro.

Para guardar um diretório, só precisa de o arquivar e transferi-lo no seu diretório de backup:

tar czf - /FolderName | ftp://FtpUsername:FtpPassword@HostName:21 -e "cd FolderLocation; put /dev/stdin -o ArchiveName-$(date +%Y%m%d%H%M).tar.gz;quit"

O exemplo acima contém as variáveis que deverá substituir pelos seus valores.

  • FolderName: o caminho de acesso ao diretório que pretende guardar.
  • FtpUsername: o seu nome de utilizador FTP.
  • FtpPassword: a sua palavra-passe FTP.
  • HostName: o nome do seu Backup Storage.
  • FolderLocation: o caminho de acesso ao diretório local no qual pretende gravar o ficheiro.
  • ArchiveName: o nome do diretório que pretende guardar.

Para descarregar um ficheiro de arquivo a partir do seu espaço de armazenamento, pode utilizar o comando seguinte:

cd /LocalFolder
lftp ftp://FtpUsername:FtpPassword@HostName:21 -e "get /File; quit"

O exemplo acima contém as variáveis que deverá substituir pelos seus valores.

  • FtpUsername: o seu nome de utilizador FTP.
  • FtpPassword: a sua palavra-passe FTP.
  • HostName: o nome do seu Backup Storage.
  • LocalFolder: o nome do diretório local no qual pretende gravar o ficheiro.
  • File: o caminho de acesso ao ficheiro que pretende descarregar.
FileZilla

Depois de instalar o FileZilla no seu servidor, poderá configurá-lo para se ligar ao Backup Storage através das informações de identificação FTP que recebeu no momento da ativação do seu Backup Storage. Para uma ligação bem-sucedida, precisará do nome de utilizador e da respetiva palavra-passe.

NFS

Em primeiro lugar, certifique-se de que autorizou o acesso dos seus blocos de IP ao armazenamento e que estes podem utilizar o protocolo NFS. Dependendo do seu sistema operativo Linux, é possível que tenha de instalar o cliente NFS e executar o serviço NFS/portmap.

Depois de executar o cliente NFS e o serviço portmap, poderá estabelecer a partilha NFS como uma partição normal, tal como indicado abaixo:

mount -t nfs HostName:/export/ftpbackup/ServiceName /FolderMount

O exemplo acima contém as variáveis que deverá substituir pelos seus valores.

  • HostName: o nome do seu Backup Storage.
  • ServiceName: o nome do seu servidor (ex: ns0000000.ip-123-123-123.net).
  • FolderMount: o diretório onde pretende estabelecer a partilha NFS.

Depois de estabelecer a partilha, pode utilizar os comandos cp e rsync, tal como procederia com um diretório normal.

CIFS

Windows

Ligue-se ao seu servidor, abra a linha de comandos e introduza o comando seguinte:

net use z: \\HostName\ServiceName

O exemplo acima contém as variáveis que deverá substituir pelos seus valores.

  • HostName: o nome do seu Backup Storage.
  • ServiceName: o nome do seu servidor (ex: ns0000000.ip-123-123-123.net).
Linux

Abra uma ligação SSH para o seu servidor e introduza o comando abaixo:

mount -t cifs -o sec=ntlm,uid=root,gid=100,dir_mode=0700,username=root,password= //HostName/ServiceName /mnt/FolderMount

O exemplo acima contém as variáveis que deverá substituir pelos seus valores.

  • HostName\: o nome do seu Backup Storage.
  • ServiceName\: o nome do seu servidor (ex: ns0000000.ip-123-123-123.net).
  • FolderMount\: o diretório onde pretende estabelecer a partilha (já existente).

Quer saber mais?

Fale com a nossa comunidade de utilizadores: Comunidade OVH.