Manuais OVH

Partilhado: Os problemas FTP recorrentes

Partilhado: Os problemas FTP recorrentes

Transferi os meus ficheiros com um software FTP mas nada é apresentado

  • É necessário verificar que os ficheiros do seu website estão presentes na pasta /www do seu alojamento.
  • Se efetuou uma modificação na sua zona DNS, é necessário aguardar entre 4-24 horas.

Os meus códigos FTP não funcionam

Confirme que recopiou a password correta. O melhor é mesmo copiar/colar (Ctrl-C Ctrl-V em windows). Atenção à confusão que pode haver com o l (L) e 1 (um) bem como o O (a letra o) e 0 (zero). Se não funcionar, os identificadores utilizados não devem ser os corretos, e nesse caso sugerimos que os recupere com a ajuda deste guia.

Qual o espaço que me resta no meu website?

A falta de espaço no seu alojamento partilhado pode gerar maus funcionamentos se tentar colocar online novos ficheiros.

  • Para verificar esta situação deve aceder ao seu espaço cliente.
  • Selecione o seu alojamento.

Será apresentado depois um resumo sobre o seu alojamento, nomeadamente a quota do mesmo.

Não consigo enviar ficheiros para o meu servidor FTP, o que fazer?

É necessário estar em modo passivo (Modo de configuração de um servidor FTP na qual o servidor FTP determina ele mesmo a paorta de ligação) no seu espaço cliente FTP. Para o Filezilla, por exemplo, deve aceder a Edição -> Parâmetros -> Ligação -> Parâmetros Firewall -> Modo passivo.

Para que serve a pasta cgi-bin?

A pasta cgi.bin não é lida diretamente a patir do servidor Web. É um diretorio que é paralelo ao www. Ele existe pelas seguintes razões de segurança:

  • Os ficheiros colocados na pasta cgi-bin não podem ser lidos. Eles podem ser unicamente executados. Não pode então colocar, por exemplo, imagens gif ou jpeg. A leitura provocará erros,
  • Na medida em que os ficheiros não podem ser lidos em cgi-bin, poderá colocar os ficheiros de bases de dados em teste, por exemplo, para que as possa proteger,
  • A excecução desses scripts cgi a partir de cgi-bin efetua-se através de um alias do seu website. Não poderá executar os scripts que não com o seu nome de domínio.

Estes manuais também podem ser úteis...