Gestão de domínios com avarias vSAN

Saiba como gerir os domínios de falha do vSAN

Esta tradução foi automaticamente gerada pelo nosso parceiro SYSTRAN. Em certos casos, poderão ocorrer formulações imprecisas, como por exemplo nomes de botões ou detalhes técnicos. Recomendamos que consulte a versão inglesa ou francesa do manual, caso tenha alguma dúvida. Se nos quiser ajudar a melhorar esta tradução, clique em "Contribuir" nesta página.

Última atualização: 23/12/2021

Objetivo

Este guia tem como objetivo explicar o funcionamento e a implementação de domínios de avarias vSAN.

Requisitos

Instruções

Funcionamento

Um domínio de avarias (fault domain) refere-se a um conjunto de servidores, periféricos de armazenamento ou componentes de rede agrupados no seio de uma localização física do datacenter e que podem ser afetados coletivamente em caso de avaria.

No vSAN, é possível agrupar os servidores dentro de domínios de avarias vSAN tendo em conta a sua localização física. O interesse é, portanto, dispor de vários domínios de avarias a fim de beneficiar da resiliência trazida pelo vSAN, replicando assim os objetos das VM através destes grupos de servidores. Encontre mais detalhes sobre esta documentação.

Os servidores da OVHcloud disponibilizados estão repartidos por diferentes racks. Assim, é possível criar domínios de falha vSAN em função destes racks.

Por exemplo, a estratégia por defeito do vSAN (nível de tolerância FTT=1 com RAID1 (Mirorring)) requer um mínimo de 3 domínios de avarias (para 2 réplicas + 1 objeto witness).

Execução

É aconselhável aplicar este procedimento quando vários servidores se encontram no mesmo rack. Privilegie igualmente um número idêntico de servidores por domínio de falha vSAN. Desta forma, os dados serão mais bem repartidos e beneficiarão de uma melhor proteção em caso de mau funcionamento de um domínio avariado.

Cada servidor OVHcloud dispõe da informação do rack em que está alojado.

No menu Hosts and Clusters, clique no servidor em causa e, a seguir, no separador Summary. A informação encontra - se ao nível de Custom Atributes: atributo Rack.

atributo Rack

Ainda no menu Hosts and Clusters, selecione o cluster em causa e clique no separador Configure e escolha o menu vSAN e depois Fault Domains.

Basta, então, arrastar o servidor para a caixa + dos "Fault Domains".

fault

Indique o domínio de avaria (pode utilizar, por exemplo, o nome do rack) no campo "Fault domain name" e confirme ao clicar em CREATE.

nome fault domínio

Poderá seguir o progresso da tarefa de criação do domínio avariado na janela Recent Tasks.

fault domain task

Repita a operação em tantos domínios de avarias quantos os de racks diferentes.

adição de múltiplos fault domains

Adicione um servidor num domínio de avaria existente deslocando-o para cima e confirme clicando em MOVE.

adição do servidor

As informações de espaço em disco utilizado, disponível e total são apresentadas ao sobrevoar o domínio de falha.

fault domínio informações

O cluster vSAN dispõe agora da resiliência de dados através dos domínios de avarias.

Saiba mais

Fale com a nossa comunidade de utilizadores em https://community.ovh.com/en/.


Esta documentação foi-lhe útil?

Não hesite em propor-nos sugestões de melhoria para fazer evoluir este manual.

Imagens, conteúdo, estrutura... Não hesite em dizer-nos porquê para evoluirmos em conjunto!

Os seus pedidos de assistência não serão tratados através deste formulário. Para isso, utilize o formulário "Criar um ticket" .

Obrigado. A sua mensagem foi recebida com sucesso.


Estes manuais também podem ser úteis...

OVHcloud Community

Aceda ao seu espaço comunitário. Coloque as suas questões, procure informações e interaja com outros membros do OVHcloud Community.

Discuss with the OVHcloud community

Em conformidade com a alteração à Diretiva 2006/112/CE, os preços com IVA podem variar de acordo com o país de residência do cliente
(por defeito, os preços com IVA apresentados incluem o IVA português em vigor).